Você já compartilhou hoje?

Se você está no Facebook há algum tempo deve ter algum amigo, ou muitos,  que compartilha imagens com frases inspiradoras ou engraçadas. Ou ambas.

Eu tenho vários. Aliás, praticamente todos aqueles que não são meros espectadores na rede social já compartilharam alguma.

Mas tem aqueles que não tem medida. Compartilham cinco, dez mensagens uma depois da outra. De repente, meu mural fica coberto  de imagens de gatinhos, flores, bebês, todos com mensagens sensíveis e profundas para fazer o meu dia mais feliz, a minha vida mais iluminada. Mas ao invés de me inspirar ou alegrar, pecam pelo excesso e acabo passando todas sem dar atenção. Afinal, quantas mensagens inspiradoras conseguimos absorver por minuto?

Pessoalmente, prefiro as charges, aquelas que tem algum jogo de palavras ou uma ironia que me fazem refletir, nem que seja por 30 segundos até eu passar para a próxima. Vez ou outra compartilho uma com meus amigos. E fico feliz quando vejo que eles curtiram e decidiram compartilhar também.  É assim que o jogo funciona.

Hoje, como todas as manhãs, acordei, li meus e-mails e abri o Facebook. De ontem à noite até agora o meu mural já estava lotado novamente.

E, de repente, parei pra pensar como fazíamos antes das redes sociais.

Havia os cartões, de aniversário, nascimento, comemorações em geral, recuperação, os de amizade e, é claro, os “te amo”. Havia os do Garfield e do Ziggy com frases engraçadas e, também, aqueles com imagens fofinhas ou de lindos buquês de flores e frases poéticas ou inspiradoras. A Hallmark lucrou milhões com esses cartões e havia pessoas cuja profissão era justamente criar essas frases. Não sei o nome e se a profissão ainda existe. A gente comprava os cartões para uma data ou momento especial, acrescentava algumas palavras de próprio punho e entregava ou enviava para a pessoa pelo correio. O objetivo era criar um momento especial, entre remetente e destinatário. Nem sempre funcionava, mas isso não vem ao caso.

Hoje em dia, ficou muito mais fácil compartilhar um momento especial com uma pessoa querida.

Não precisamos mais ir até a papelaria… escolher um cartão… escrever uma mensagem especial… ir até o correio… ficar na fila prá comprar selos… e, finalmente, enviar. E dependendo da mensagem, ficar aguardando ansiosamente pela reação.

Basta ver uma imagem legal ou engraçada, associar a uma pessoa amiga e compartilhar no seu mural! Tudo ocorre em questão de segundos. E se o amigo também estiver online, vê e na mesma hora, responde e o momento se completa.

Por outro lado, “recebemos” no Facebook dezenas de cartões eletrônicos por dia, de amigos e conhecidos, mas, com algumas exceções, nenhum deles foi enviado diretamente  para nós. O remetente não pensava em mim quando compartilhou no seu mural uma fotografia de rosas orvalhadas ou de um filhotinho com a frase “Para você que faz meu dia mais bonito” ou outra similar. Apenas achou bonito e, click, compartilhou!

Existem páginas no Facebook especializadas em imagens desse tipo. Imagens fofinhas, poeticas, engraçadas, pseudo-engraçadas, charges…  Tem para todos os gostos e gêneros.

O lado bom da internet e das redes sociais é que elas são extremamente democráticas, pelo menos por aqui. Podemos nos comunicar apenas com os amigos mais próximos ou com todos que estão na nossa lista. A escolha é nossa.

E, então? Você já compartilhou um momento especial com uma pessoa querida hoje?

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s