Não deixe que o Facebook acabe com a sua vida social

No ano passado, uma amiga que viaja muito a trabalho, estava em um aeroporto esperando seu voo. Acho que esse fato ocorreu durante a madrugada pois mesmo sendo usuária assídua do Facebook não encontrou ninguém acordado para fazer o tempo passar mais rápido.

Entediada e sem nada de interessante para fazer enquanto aguardava o bendito voo resolveu criar um grupo reunindo amigos que participaram de um grupo juvenil nos anos 70. A princípio, ela chamou apenas os amigos da mesma idade. Os amigos gostaram da ideia e foram chamando outros, mais velhos, mais novos. A única restrição é que tivessem participado do grupo juvenil naquela época. Como cada amigo adicionado tinha contato com pelo menos dois ou três outros amigos do grupo, em pouco tempo, reunimos mais de 500 pessoas.

Vocês podem imaginar como foi o “reencontro”. Alguns não se “viam” há 40 anos. E todos tinham ao menos alguma lembrança para compartilhar das reuniões, encontros, viagens. Fotos foram aparecendo, até slides e vídeos em Super-8 foram convertidos e compartilhados com o grupo ávido por registros e memórias daquela época.

Como era de se esperar, iniciou-se um movimento para fazer um encontro de verdade, no mundo físico, fora do Facebook. Resolveu-se que o encontro seria em São Paulo. Organizadores nomeados, data e local escolhidos, valor definido, começou a campanha para chamar as pessoas para o encontro. Seria no final do ano para que todos tivessem tempo de se organizar. Afinal, estávamos espalhados não só pelo Brasil mas também em outros países. Muitos responderam entusiasticamente que iriam; estavam loucos para rever o pessoal.

Mas apesar da emoção e entusiasmo iniciais, as pessoas demoravam a fazer o depósito confirmando a presença no grande evento. Faltando pouco mais de um mês para a data marcada, os organizadores avisaram que se não atingissem um número mínimo de pessoas confirmadas o evento seria cancelado! Ah, não! Os que já haviam confirmado fizeram campanha para chamar os outros. Mais movimentação no grupo e o evento foi, enfim, realizado!!

Na entrada, todos recebiam uma etiqueta adesiva com seu nome. Sem ela seria impossível reconhecer alguns. E a cada dupla de pessoas que se reencontrava era um olhar para o rosto outro para a etiqueta e um sorriso de reconhecimento. Alguns não precisavam das etiquetas. Mas nem todo mundo tem a sorte de não se deixar modificar pelos anos. E quem estava ligando para isso, não é mesmo? A felicidade de reencontrar os velhos amigos era muito maior!

Não é preciso dizer que o encontro foi um sucesso! Reunimos pessoas de diversos estados do Brasil e até do exterior!

Logo após o evento, ainda de madrugada, novas fotos e videos foram compartilhados no Facebook. E aqueles que não puderam ir, por um motivo ou outro, manifestaram o seu arrependimento por ter perdido a farra.

Sugeriu-se fazer um novo encontro no ano seguinte, dessa vez no Rio de Janeiro. Contando com a emoção do primeiro encontro no mundo real, esperava-se que o segundo fosse maior ainda! Data e local reservados, valor definido. E novamente, as pessoas permanecem indefinidas até a última hora.

É muito fácil realizar um “encontro” no Facebook. Cada um com seu computador, smartphone ou tablet acessa na hora que pode, troca mensagens de carinho, comenta fotos, faz brincadeiras, piadas.

Mas nada disso substitui o encontro real, o abraço amigo, o sorriso de reconhecimento, a troca verbal das lembranças, as brincadeiras. Até as piadas sobre quem perdeu os cabelos e ganhou em barriga são recebidas com carinho.

Vida corrida, trabalho, estudos, família e acaba sendo fácil preterir dos encontros físicos pelos virtuais.

Mas se você pensar bem, o Facebook não substitui de verdade. Só mascara a realidade.

Se você tem um grupo de amigos como o meu, reserve um lugarzinho na sua agenda movimentada para os encontros de verdade. Não há nada que os substitua. Quem disse que sim está enganado.

Anúncios

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s