Redes Sociais de Nicho – Uma rede para chamar de sua

Tenho lido vários artigos que dizem que as pessoas andam enjoando do Facebook. Até mesmo alguns amigos já me disseram a mesma coisa.

Mas para onde ir? Para onde vão as pessoas que cansaram do Facebook? Alguém sugeriu que elas voltam para o mundo real. Será?

Por outro lado, existem correntes que afirmam que o futuro das redes sociais são os nichos. Redes sociais segmentadas por interesses.

Ao invés de uma grande rede social como Facebook, Orkut ou Twitter onde todos falam sobre tudo, nas redes sociais de nicho as pessoas falam sobre um determinado assunto de interesse comum. Pode ser animais de estimação, culinária, carros, esportes, livros, qualquer assunto. Provavelmente, o que você imaginar, que não seja muito esdrúxulo, já tem uma rede social específica ou várias.

O termo “redes sociais” se aplica a qualquer site onde o usuário tenha um perfil e possa interagir com os outros usuários.  Óbvio, não é? Mas o termo ficou tão associado às grandes redes como Facebook, Twitter e Linkedin que a gente quase não pensa que pode ser outra coisa.

Não sei o que veio primeiro. O interesse das pessoas pelas redes de nicho ou as notícias de que as redes de nicho são a grande novidade. Algumas já existem há muito tempo mas poucas tinham grande alcance. Com o Facebook, o hábito de participar de uma rede social se popularizou, e muita gente que nunca tinha entrado em uma, agora não vai dormir sem ao menos dar uma espiadinha para ver o que os amigos postaram.

O fato é que desde que a internet começou a crescer que os anunciantes buscam formas de alcançar os consumidores dentre os milhões que navegam por aí. Tentam descobrir quem somos, onde moramos, se temos filhos, cachorros, gatos, papagaios, se somos verdes, maduros, fashionistas, cults. Qualquer fragmento de informação que ajude a identificar quais são os nossos gostos e possa nos transformar em possíveis compradores é coletado.

E o que pode ser mais interessante para um anunciante do que encontrar usuários potencialmente interessados no produto que ele vende como, por exemplo, um fabricante de ração para animais numa rede social de animais domésticos?
Os americanos tem uma expressão para isso: “É como pescar em um barril.” Não tem como errar, não é?

Se você é uma daquelas pessoas que gosta de interagir pela internet, tem um interesse específico ou é um anunciante  provavelmente já faz parte de alguma rede social de nicho.

Se gostou da ideia mas ainda não conhece nenhuma, nos próximos artigos listaremos algumas de cada categoria.

Os primeiros artigos da série já estão prontos.

Animais Domésticos 

Moda

Os próximos artigos não vão demorar. Provavelmente falaremos sobre alguma rede social de nicho do seu interesse. Volte logo!

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Hamilton disse:

    são situações distintas… por vezes queremos interagir com várias pessoas… por vezes buscamos coisas específicas… acho que não cabe ter que escolher

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s