Espantando o Alzheimer

Você assistiu aquele filme, “Para Sempre Alice”, com a Julianne Moore?

Para quem não assistiu, é sobre uma mulher na faixa de 50 anos que descobre que está sofrendo de Alzheimer precoce. Ela é uma professora universitária de linguística, casada, com três filhos adultos e bem-sucedidos. De repente, percebe que a sua memória está indo embora. No decorrer do filme a gente acompanha essa perda gradativa, desde as pequenas coisas, como esquecer uma palavra no meio da aula, passando por esquecer o caminho de casa até que ela já não lembra mais de si própria. Assustador, não?

Há alguns anos ninguém falava em Alzheimer. Perder a memória era coisa de gente idosa e aceito como natural, assim como envelhecer, perder os dentes, a audição e ter dificuldade para se locomover. Encontrar pessoas muito idosas e ainda lúcidas é raro.

Ainda não descobriram o que causa o Alzheimer e nem toda perda de memória é causada pelo Alzheimer. Mas se a gente já passou de uma certa idade e começa a ter dificuldade para lembrar do que foi comprar no supermercado ou esquece onde colocou as chaves do carro ou o celular, já começa a se preocupar achando que a memória está indo embora.

Esquecimento e distração não estão sempre relacionados à idade avançada. Stress, muitos afazeres, Whatsapp pipocando a todo minuto, quem consegue manter o foco o tempo todo?

Por outro lado, o cérebro precisa de exercício. Se não utilizamos, atrofia, não é mesmo?
Muitas pessoas fazem palavras cruzadas ou Sudoku como forma de exercitar o cérebro.  Depois que assisti o filme resolvi voltar a fazer palavras cruzadas. Procurei e baixei alguns aplicativos no iPad.

Não sou muito fã de Sudoku mas decidi experimentar também e baixei outro aplicativo. Não demorou muito para que começassem a surgir recomendações de aplicativos para melhorar as funções cognitivas no meu navegador.

Muitas vezes essa “perseguição” do Google oferecendo recomendações baseadas nas nossas buscas é irritante e até mesmo invasiva mas nesse caso valeu a pena. Baixei vários aplicativos para experimentar.

O principal argumento desses aplicativos é que “diversas pesquisas demonstram que o treinamento online é uma forma eficiente de construir uma reserva cognitiva e aumentar a capacidade do cérebro”.
Segundo eles, apenas palavras cruzadas ou Sudoku não exercitam todas as áreas do cérebro. Acredito que seja verdade.

Minha maior deficiência é justamente a memória, principalmente a espacial. Sou extremamente distraída e estou sempre perdida em lugares que não conheço muito bem. Quando viajo para o exterior ando sempre com o celular na mão acompanhando o Google Maps e mesmo assim, muitas vezes tomo o caminho errado. Aqui não dá para andar com o celular na mão, então vou me perdendo e me achando.

Sobre os aplicativos que estou experimentando, todos eles tem uma parte gratuita com algumas variações. A rotina diária é determinada pelo aplicativo e composta de 3 ou 4 exercícios para diversas funções, memória, atenção, lógica, velocidade e reação. Alguns deles deixam você repetir os exercícios diários à vontade, outros só algumas vezes até completar o ciclo. Se quiser mais, tem que pagar. Todos eles fazem medições para você acompanhar a sua evolução.

Quase todos os exercícios tem um limite de tempo, ou quantidade de vidas, como nos jogos. Da mesma forma que nos jogos, você começa no nível mais fácil e a dificuldade vai aumentado de acordo com o seu desempenho. É como na academia, só que ao invés de exercitar os músculos você exercita o cérebro.

Conforme você vai avançando, em alguns casos chega a “doer o cérebro” como diz uma amiga minha. Mas se está doendo é porque está funcionando, não é? Não sei. Cada um tem o seu limite. O negócio é exercitar, não ficar com dor de cabeça.

Todos os exercícios se parecem com joguinhos. Alguns são lindos, super bem-feitos! Tem pontuação e níveis porque a prática determina que isso estimula o usuário a continuar “competindo” sempre tentando alcançar um nível mais alto. Em alguns casos, pode ser frustrante mas acho que o essencial nesse caso é continuar com os exercícios, mesmo que não se consiga avançar até o nível mais elevado.

Pela minha experiência nas duas últimas semanas, tem dias que me saio melhor, outros nem tanto. A recomendação é que você faça os exercícios sempre no mesmo horário, de preferência de manhã, depois do desjejum. O alimento do cérebro não é comestível mas ele também não funciona bem se o corpo não estiver alimentado.

Se você ficou curioso e quer experimentar, aí vão os que estou usando. Ainda não me decidi por nenhum deles. Os preços também são bem variados.  A lista não tem nenhuma ordem de preferência. Todos os meus comentários se referem às versões gratuitas.

Fit Brains da Rosetta Stone 

Fit Brains 2

 

Oferece uma rotina diária de quatro jogos e não permite repetir essa rotina mas possui alguns jogos gratuitos para quem quiser complementar. Pena que são sempre os mesmos.
Tem versões para iPad e Android e oferece opção de idioma em Português.
Tem uma versão para o browser também mas acho que só em Inglês.
A visualização da evolução mostra apenas um gráfico simples mostrando a quantidade de pontos em cada uma das categorias e evolução diária dos pontos. A comparação com outros usuários é restrita à versão paga.
http://www.fitbrains.com/

 

Lumosity

Lumosity

Oferece uma rotina diária de três jogos e permite repeti-los quantas vezes você quiser no mesmo dia. Na minha opinião é o que tem os jogos mais bonitos. No meu caso, os de atenção são quase viciantes. Jogo várias vezes até cansar.
Tem versões para iPad e Android e browser.
Não consegui encontrar opção de outro idioma além do Inglês mas se você tem conhecimento suficiente para compreender as instruções, vale a pena experimentar.
A visualização da evolução na versão gratuita é praticamente inexistente, apenas um gráfico simples mostrando a quantidade de pontos em cada uma das categorias.
http://www.lumosity.com/

Atualização: Hoje soube que o Lumosity já está disponível em português.
Para fazer o download do aplicativo Lumosity para iOS em português, vá até: https://itunes.apple.com/us/app/lumosity-mobile/id577232024?mt=8

Para fazer o download do aplicativo Lumosity para Android em português, vá até: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.lumoslabs.lumosity&hl=pt_BR

 

Peak

Peak 2Oferece uma rotina diária de 4 jogos e permite repeti-los quantas vezes quiser no mesmo dia.

O diferencial deste é que ele estabelece um objetivo diário de pontos que você deve atingir no dia e para isso precisa repetir os jogos várias vezes. Esse objetivo vai aumentando à medida que você evolui.
Só tem versões mobile para iPad e Android.
Não consegui encontrar opção de outro idioma além do inglês mas se você tem um conhecimento suficiente para compreender as instruções, vale a pena experimentar.
Possui um bom gráfico para acompanhamento da evolução e promete um detalhamento por jogo e atividade na versão paga.

http://www.peak.net/

 

NeuroNation

 

Neuronation 1

Oferece uma rotina de quatro exercícios diários e permite repeti-los à vontade.
Tem versões para iPad, Android e browser.
No iPad tem opção de idioma em Português. No browser só em Inglês e Alemão. Não sei quais as opções de idioma no Android.
Possui um bom gráfico para acompanhamento da evolução detalhado por categoria.

http://www.neuronation.com/

 

 

 

 

Memorado

Memorado

Oferece uma rotina de três exercícios diários sem repetição. Alguns dos jogos só ultrapassam um determinado nível na versão paga.
Possui três jogos liberados na versão gratuita.
É o mais restrito de todos.
Só tem versão para iPad e browser e em inglês.
Possui um bom gráfico para acompanhamento da evolução.

http://memorado.com/

 

 

 

 

Elevate

 

Elevate 1Esse é um pouco diferente. Seu foco é linguagem e matemática.

Oferece três jogos diários liberados durante o dia inteiro.
Se você tem um inglês fluente é um bom exercício.
Tem versões para iPad e Android.
Os gráficos são bem detalhados.

http://elevateapp.com/

 

 

 

 

 

Em todos eles você precisa se cadastrar, mesmo na versão gratuita. Não acho que isso seja um impedimento mas tem gente que não gosta.

Enquanto você não faz o upgrade para a versão paga vai ficar recebendo ofertas para isso. Nada demais, é assim que funciona o mundo dos aplicativos freemium (parte gratuita e parte paga).

Se você está pensando que o seu dia já é cheio demais e não tem tempo para isso, a maioria dessas rotinas não leva mais do que 10 minutos.

Depois de duas semanas de “treinamento” eu ainda não tenho base para avaliar se a minha memória espacial melhorou. Acho que vou descobrir na próxima vez em que tentar encontrar o caminho para algum lugar desconhecido. Independente disso, me sinto bem exercitando o cérebro, principalmente de formas que não faço no dia-a-dia.

Assim como as causas do Alzheimer ainda são desconhecidas, não há nenhuma prova de que exercitar o cérebro afaste ou atrase o aparecimento dessa doença. Eu apenas usei a referência do filme como motivação para experimentar os jogos. Mal não deve fazer.

Se você já utiliza ou utilizou algum desses aplicativos, seu comentário será bem-vindo.

P.S.: Eu já tinha a ideia de escrever esse artigo desde a semana passada mas ficava enrolando. Meu treinamento de foco ainda precisa melhorar bastante! Mas a coluna da Cora Ronai de hoje me inspirou a terminar. Me mostrou que sempre há espaço para um treinamento cognitivo básico e além disso está engraçadíssima! Os comentários também!

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. miriam disse:

    já faço ha um tempo o Lumosity e recomendo para todos. Senti mais agilidade e clareza no pensamento. vou testar os outro!!

  2. Miriam disse:

    Preciso disso!! Experimentei o Lumosity e achei ótimo mas não repeti. Adorei as dicas e vou experimentar.

  3. beatriz disse:

    otimo vou experimentar! Otimo estimulo a matéria.

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s