Pescoço de Texto: uma nova ameaça da Era Digital

No final do século passado a grande ameaça a uma boa postura era o computador. Nosso corpo não foi concebido para passar tantas horas sentado em frente a uma tela com as mãos no teclado ou no mouse.
Uma nova palavra foi incorporada ao nosso vocabulário do dia-a-dia junto com tantas outras relacionadas à informática: Ergonomia.

“Ergonomia designa o conjunto de disciplinas que estuda a organização do trabalho no qual existem interações entre seres humanos e máquinas.”

Muitos estudos foram realizados e cadeiras apropriadas e outros acessórios foram criados para minimizar os efeitos do computador sobre os nossos corpos.

Agora a ameaça é outra: o celular, ou mais especificamente, o smartphone. Basta olhar em volta e você verá várias pessoas com o pescoço curvado e os braços encolhidos segurando um smartphone, teclando no Whatsapp, assistindo um video, jogando um joguinho ou simplesmente navegando pelas redes sociais. Não é uma posição natural, certo? A não ser que você seja um tiranossauro.

Pois bem, as consequências de manter essa posição por muito tempo já tem nome: Pescoço de Texto. Ou Text Neck, em inglês. O nome é meio esquisito, não soa muito bem aos ouvidos, mas representa bem essa nova condição causada pela evolução tecnológica.

Você sabia que quanto mais inclinamos a cabeça mais ela pesa? Pois é.

According to some doctors, the amount of time people are spending on their smartphones could do damage to their spine later in life. Illustrates TEXTING-SPINE (category a), by Lindsey Bever © 2014, The Washington Post. Moved Thursday, Nov. 20, 2014. (MUST CREDIT: Dr. Ken Hansraj)
According to some doctors, the amount of time people are spending on their smartphones could do damage to their spine later in life. Illustrates TEXTING-SPINE (category a), by Lindsey Bever © 2014, The Washington Post. Moved Thursday, Nov. 20, 2014. (MUST CREDIT: Dr. Ken Hansraj)

A postura “normal” de uma pessoa usando o celular é manter a cabeça inclinada de 45 a 60 graus. Isso se traduz em um peso adicional de mais de 20 kilos sobre o pescoço e os ombros . Não é nenhuma surpresa que ao final do dia estejamos “moídos” sem ter feito um único exercício – dores nas costas, pescoço, cabeça, braços. Tudo por causa de um aparelhinho que pesa cada vez menos nas nossas mãos.

Como você pode imaginar, essa condição afeta muito mais os adolescentes que não largam o celular nem para comer. Sintomas como tensão nos ombros, dores no pescoço, enxaquecas e dormência ou formigamento nos braços podem ser decorrentes do uso excessivo do celular e podem gerar problemas muito mais sérios quando eles se tornarem adultos.

É importante, principalmente para os pais de adolescentes, ter consciência dessa condição. Dificilmente conseguiremos separar os adolescentes de seus celulares mas quanto antes os sintomas foram observados é recomendado buscar tratamento e exercícios especializados que podem minimizar os efeitos do pescoço de texto.

Há algum tempo o Jornal Nacional mostrou uma reportagem sobre o pescoço de texto. Se você não viu ainda, clique aqui.

Escrevi este artigo para o site de uma amiga fisioterapeuta – link para o artigo original.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Henri Galvão disse:

    Realmente é um assunto muito pertinente. Importante lembrar também que, antes mesmo dos smartphones, os laptops já eram/são um tremendo desafio nesse sentido.

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s